Tese de doutorado faz uma ecologia das imagens na web

Nesta quarta-feira, 30 de maio, será realizada a defesa de tese de doutorado de Sonia Estela Montaño La Cruz. O ato ocorre a partir das 13h30, na sala 3A 316, no campus São Leopoldo da Unisinos.

A tese, que tem como título “PLATAFORMAS DE VÍDEO: APONTAMENTOS PARA UMA ECOLOGIA DO AUDIOVISUAL DA WEB NA CONTEMPORANEIDADE”, aborda o audiovisual contemporâneo que passa pelas plataformas de vídeo YouTube e Justin TV e, em seu percurso, vai realizando uma ecologia do audiovisual da web, entendendo-o como meio. O conceito de ecologia construído pela autora nesta tese parte de autores como McLuhan, Benjamin, Bergson e Latour, entre outros. Sonia destaca que durante o encontro do princípio ecológico com os materiais audiovisuais em questão, vai se formando uma imagem dialética do audiovisual da web. Isto é, no entender da doutoranda, formam-se constelações que imobilizam esse audiovisual na sua duração e dão a ver sua audiovisualidade atualizada no conjunto: vídeos, interfaces, usos e ambientes.

“A ecologia aponta para o banco de dados como a ontologia da contemporaneidade. Não só vídeos e usuários se tornam bancos de dados nas interfaces audiovisuais da web. Eles fazem parte de um ambiente, o dispositivo contemporâneo, dotado de urgência por trânsito e por conectividade, que cria outros dispositivos dos quais emerge um audiovisual – cuja característica mais destacada é seu valor de uso e cujos efeitos mais apontados nesta tese são a audiovisualização da cultura e a softwarização do audiovisual”, diz Sonia em um trecho do resumo de sua tese.

A banca é formada por: Prof. Dr. Cícero Inacio da Silva (UFJF), Prof. Dr. Erick Felinto de Oliveira (UERJ), Prof. Dr. Alexandre Rocha da Silva (UFRGS), Prof. Dr. Gustavo Daudt Fischer (UNISINOS), Profa. Dra. Suzana Kilpp (Orientadora).

Você pode gostar...