Netflix: um olhar sobre a TV na Internet

A estudante Kélliana Braghini, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS, qualificou a sua pesquisa de mestrado intitulada “Televisualidades da Netflix: a construção de uma TV on demand” na tarde da quarta-feira, 05 de julho. Orientada pela professora Dra. Sonia Montaño, a aluna apresentou os principais conceitos e aspectos metodológicos do trabalho para os avaliadores Dr. Fabrício da Silveira e Dra. Suzana Kilpp. Ambos os convidados são docentes e pesquisadores da UNISINOS.

 

Kélliana Braghini e os professores Fabrício da Silveira, Suzana Kilpp e Sonia Montaño na Banca

 

De modo geral, o objetivo da pesquisa é compreender as construções televisivas na plataforma Netflix a partir de uma postura crítica sobre as dinâmicas técnica e cultural dos modos de consumir o audiovisual contemporâneo. Para isso, Kélliana Braghini propõe uma metodologia que observa a interface da Netflix tanto em seus aspectos gráficos quanto os agenciamentos entre usuário e gênero  (as categorias de conteúdo) que dão sentido ao que a estudante vislumbra de televisualidades.

Além do conceito de televisualidades em construção, a aluna também articula as noções de materialidades das interfaces e dos dispositivos, audiovisualidades, tempo, imagem e montagem. Tais termos são caros para o estudo, uma vez que eles compõem a frente teórica da dissertação. Em sua arguição, a mestranda já apresentou algumas imagens da interface da Netflix problematizando os possíveis materiais empíricos a serem tensionados.

 

Imagem da interface da Netflix

Interface gráfica da Netflix

Interface da Netflix

Screenshots da interface da Netflix

 

Após essa primeira etapa de avaliação da pesquisa, a ideia é continuar a cartografia dos territórios de enunciação da Netflix. Isto é, mapear e sistematizar os modos pelos quais a plataforma se manifesta enquanto TV na Internet.

A expectativa é consolidar a noção de televisualidades, bem como fortalecer o diálogo com as perspectivas do Grupo de Pesquisa Audiovisualidades e Tecnocultura: Comunicação, Memória e Design (TCAv).


Texto: Julieth Paula

Imagens concedidas por Kélliana Braghini

Você pode gostar...

Deixe uma resposta