Imagens, afetos e possibilidades metodológicas marcam a terceira palestra da 16º Semana da Imagem

Ministrada pela professora Gabriela Reinaldo, do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará, a palestra Walter Benjamin e Aby Warburg – algumas notas sobre o Atlas Mnemosyne e Passagens foi um espaço de debates entorno do fazer, consumir e escrever sobre as imagens ao longo da historiografia humana.

          Palestrante Gabriela Reinaldo (UFC)

Em uma perspectiva crítica, Reinaldo descortina as afinidades e diferenças entre as obras Altas Mnemosyne de Warburg e Passagens do filósofo Benjamin. Inacabados, ambos os projetos contam histórias não-lineares da arte, da tecnologia, da cultura, e sobretudo, do pensamento de dois sujeitos marcados por delírios, angústias pessoais e coletivas que os cercavam. O primeiro, Warburg, acometido pela esquizofrenia e certas visões de um presente desajustado socialmente. O segundo, Benjamin, atormentado pela irracionalidade das guerras, do nazismo.

A abordagem que a pesquisadora desenvolve em relação as duas obras exprimem tentativas heurísticas tanto para a história da arte quanto para os estudos acadêmicos que lidam com os problemas de conhecimento das imagens contemporâneas. Ao destacar o método da montagem em ambos os casos – Atlas e Passagens – Reinaldo acredita que eles abrem os caminhos para outras formas de escrita, poética e narrativa do nosso tempo.

Auditório Bruno Hammes

A programação da 16° Semana da Imagem continua e se encerra com a palestra Design e Imagens Interativas ministrada pelos convidados Alessandra Bochio do Instituto de Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS/RS) e Felipe Castellani, pós-doutorando do Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS/RS. O evento acontece às 20h no auditório Bruno Hammes, campus Unisinos de São Leopoldo.


Acompanhe online

As palestras e demais notícias da 16º Semana da Imagem serão transmitidas simultaneamente pelo canal do Youtube e pelas redes sociais FacebookTwitter e site do TCAv.

+ Talvez você se interesse por:

Deixe uma resposta