Semana da Imagem 2020 – Lucas Bambozzi: “Do invisível ao redor: arte e espaço informacional”.

Lucas Bambozzi é Doutor pela FAUUSP na área de Arquitetura e Urbanismo (2019) e mestre em Filosofia pela School of Computing, University of Plymouth, Reino Unido, (2006). Trabalha com vídeo, instalação, performances audiovisuais e projetos interativos que exploram questões do universo dos dispositivos de registro e manipulação de imagem.

Foi um dos criadores do arte.mov, Festival de Arte em Mídias Móveis e do projeto Labmovel (menção honrosa no Ars Electronica 2013). Por meio de contínua experimentação com diversas linguagens, em suas obras são retratados os paradoxos e antagonismos do cotidiano da vida particular no contexto urbano, muitas vezes propiciando um tipo de poesia audiovisual do ordinário.

A curiosidade em explorar os modos de produção de novas mídias permeia o estudo de Lucas Bambozzi. O artista e pesquisador produz vídeos, instalações, performances audiovisuais e projetos interativos em mais de 40 países. É pensando no encontro entre dispositivos e linguagens que se propõe a palestra “Do invisível ao redor: arte e espaço informacional” a ser realizada durante a Semana da Imagem 2020, que neste ano acontece nos dias 16, 17, 18 e 19 de novembro.


As obras de Bambozzi possuem a qualidade de criar espaços para imagem e receptor de maneira curiosa; em um texto de Suely Rolnik sobre as realizações do artista somos instigados a pensar nas produções como formas de ligar o lixo cibernético – contido em propagandas publicitárias – a maneira de se estar na web.


“A obra é esse acontecimento na relação do receptor com a imagem, com a mercadoria, com a mídia eletrônica, com o sexo, com a arte. Ela se fará ou não, impossível prever. Uma coisa é certa: quando a obra acontece uma pequena mas poderosa viravolta invisível terá ocorrido entre quatro paredes.”

Deixe uma resposta