Webseminário – Territórios afetivos da imagem e do som

Acontece nos dias 21, 25 e 28 de setembro o webseminário Territórios Afetivos da Imagem e do Som. Organizado pelos pesquisadores Simone Pereira de Sá (UFF), Adriana Amaral (Unisinos), Jeder Janotti Jr. (UFPE) e Thiago Soares (UFPE) e com apoio da CAPES/PROCAD, o evento lança seu olhar sobre como as noções de espaço e territorialidade são reconfigurados através de um imaginário acionado por diferentes produtos midiáticos que se constroem no entrelaçamento de sons e imagens.

O webseminário é fruto do projeto de pesquisa Cartografias Urbanas da Cultura Musical e Audiovisual: Som, Imagens, Lugares e Territorialidades em Perspectiva Comparada, contemplado no edital CAPES/PROCAD e desenvolvido por equipes da Universidade Federal Fluminense, Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Universidade Federal de Pernambuco. Essa pesquisa parte da ideia de que noções de lugar e espaço, sejam eles físicos, simbólicos, afetivos ou virtuais, além de diferentes metáforas territoriais, estão sempre sendo convocados nas discussões que envolvem os estudos de música e audiovisual de maneira geral. Assim, o objetivo é problematizar as relações entre essas mídias e os diferentes espaços sobre os quais estes produtos circulam, podendo tanto afetá-los quanto serem por eles também afetados, numa prática cultural onde a produção e o consumo de sons e imagens geram novos mapas urbanos e reordenam os espaços virtuais acionados por esses produtos midiáticos.

Organizado em três mesas, o seminário pretende explorar o papel da cultura sonora e audiovisual nas construções, tensionamentos e disputas em torno de espaços e ambientes urbanos, periféricos, translocais e/ou virtuais, visando a produzir uma exploração dos territórios afetivos que enredam som, imagens e música em múltiplas redes, tonalides e perspectivas.

PROGRAMAÇÃO:

21/09, segunda-feira – 17h às 19h

MESA 1 – Territórios de conflitos e afetos dissonantes

Angela Prysthon (UFPE) – Pedaços do mundo: paisagem e espaço na cultura visual contemporânea 

Felipe Trotta (UFF) – O som dos vizinhos: vazamentos sonoros, violência e conflitos nas grandes cidades

Rodrigo Carreiro (UFPE) – Imersão e realismo no som do filme 1917

Fernando Resende (UFF) – “Pequena África”: a ferida aberta e a invenção de futuros

25/09, sexta-feira – 17h às 19h

MESA 2 – Disputas, invisibilidades e apagamentos em múltiplas territorialidades

Beatriz Polivanov (UFF) – Nem tão PLURal assim: a (in)visibilidade de mulheres DJs

Ana Paula da Rosa (Unisinos) – Transitando entre territórios: da imagem memória do atentado de Manchester às sonoras imagens de Ariana Grande

Thiago Soares (UFPE) – A bastardização da música pop

Ronaldo Henn (Unisinos) – Acontecimentos na cultura pop e territorialidades semióticas

28/09, segunda-feira – 17h às 19h

MESA 3 – Cultura da música em plataformas e redes sociotécnicas

Jeder Janotti Junior (UFPE) – Escutas conexas em ambientações digitais

Adriana Amaral (Unisinos) – Invisible Sun: o apagamento das materialidades e plataformas digitais nas críticas dos “grandes intelectuais” brasileiros a fenômenos da cultura pop na mídia mainstream

Gustavo Fischer (Unisinos) – Plataformas de streaming como dispositivos tecnoculturais

Simone Pereira de Sá (UFF) – O roteiro performático de Anitta no álbum visual Kisses

O Webseminário Territórios Afetivos da Imagem e do Som terá transmissão simultânea pela página do Facebook do evento, onde os espectadores também poderão fazer perguntas aos convidados. Para isso, basta curtir a página no Facebook e, assim, ficar atento às novas informações sobre o evento. Outras informações podem ser acessadas no Instagram e no Youtube do webseminário.

Texto: Augusto Bozzetti

Deixe uma resposta