Transformações Digitais e Humanidades – Peter Krapp e seus tensionamentos

postado em: Atualizações | 0

As marcas dos tempos e períodos que vivemos dizem sobre nossas experiências, lembranças e memórias. O pesquisador e professor Peter Krapp que leciona na área dos Estudos de Cinema e Mídia na Universidade da Califórnia e pesquisa temas como memória cultural, história e teoria dos gadgets, jogos e simulações nas representações cinematográficas e digitais, esteve na UNISINOS entre os dias 10 e 20 de março para participar de duas atividades – ministrar o Seminário Intensivo PRINT – Transformações Digitais e Humanidades, em conjunto com o professor Gustavo Fischer, e participar da Semana da Imagem 2020. As atividades foram bruscamente alteradas em função da pandemia de COVID-19 e das necessárias medidas de isolamento social por ela impostos.

Apesar do clima de estranheza que pairava nos corredores do Campus São Leopoldo, a atividade foi extremamente rica e os temas abordados suscitaram reflexões, discussões e novas pesquisas. Peter tem um interessante olhar sobre o tensionamento necessário entre segredo e controle no ambiente online, incitando de forma provocativa que seus ouvintes não tomem posicionamentos precipitadamente, como se dissesse “não há resposta certa”.

Para conduzir seus trabalhos, durante o Seminário, apresentou uma breve história da criptografia, com usos, aparatos e provocações que conduziram ao temas sobre segurança e comunicação, hacking, hacktivismo e discussões sobre o direitos humanos e o papel da internet e desses movimentos nisso. 

Peter Krapp durante o Seminário Intensivo PRINT – Transformações Digitais e Humanidades

Peter Krapp usa muitos exemplos, de variadas cronologias e nacionalidades, passando da Roma Antiga, a regimes políticos autoritários, passando por exemplos que povoam o imaginário popular quando o assunto é conspiração e ações governamentais de índole duvidosa. De uma forma instigante, ele transforma o tema em algo global, o que provoca aos participantes interações ricas a que Krapp cuidadosamente acolhe sem dar alguma espécie de veredicto – pelo contrário, quando exemplos locais vinham a tona ele fazia perguntas e dizia que a pesquisa que conduz está em aberto e que acrescentaria aquelas informações às suas próximas apresentações.

Suspensa a Semana da Imagem 2020, Peter ainda abordou o tema que seria ministrado durante a palestra que daria evento: The error and the end of the internet (O erro e o fim da internet). Durante sua apresentação ele destituiu o senso comum da internet enquanto campo sem limites. Para isso, apresenta exemplos dos protocolos de erro do internet, uma espécie de não-locais em que a experiência de usuários e programadores chega a um fim. Provavelmente o leitor esse habituado ao mais comum deles, o famoso “erro 404 – página não encontrada”.

Apresentação de Peter Krapp durante o Seminário Intensivo PRINT – Transformações Digitais e Humanidades e a identidade do TCAv.

A atividade ocorreu no Labtics, parte dela foi gravada para registro e está disponível no canal do YouTube do nosso PPG em Ciências da Comunicação.

Não é a primeira vez que Peter Krapp vem a UNISINOS, inclusive temos uma matéria sobre isso, caso queira lê-la, clique aqui.

Peter Krapp é um TCAviano! Essa frase não é só entusiasmo com as conversas entre o palestrante os membros do nosso grupo, Peter faz parte, oficialmente, do corpo de membros de alguns projetos desenvolvidos institucionalmentes, como o LabMem – Laboratório de Memória nas/das Mídias Online.

Texto: Lucas Mello Ness

Revisão: Camila de Ávila

Deixe uma resposta